Nenhum carro pega fogo sozinho! A não realização de manutenção preventiva contribui pra isso. Veja o porquê!

Carros pegando fogo “a toa” é coisa de filme. Para de fato, acontecer isso, é necessário que o veículo passe muito tempo com a manutenção completamente negligenciada. Isso porque, aos poucos, diversos fatores, em conjunto, podem causar esse tipo de acidente. Por isso, com a manutenção preventiva e regular é muito difícil que isto ocorra.

O que verificar?

As mangueiras do sistema de alimentação, por exemplo, podem ressecar com o tempo e se tornarem quebradiças. Com isso, o combustível vaza e pode causar um incêndio. Esse tipo de problema é bem comum em carros mais antigos, por isso, é importante ficar atento a este componente em veículos com mais de 15 anos.

Panes elétricas também são responsáveis por causar acidentes com fogo. Por isso, é fundamental verificar os chicotes elétricos que saem do alternador, a caixa de relés, a caixa de fusível e a bateria.

É muito importante não deixar os fios descascados e com conexões aparentes. Até mesmo instalações elétricas que não tenham relação com o sistema de combustível, como aparelhagem de som, podem causar problemas caso sejam mal feitas. Tirando isso, procure por sinais de derretimento no alternador e se possível, teste a potência da peça para evitar a sobrecarga.

Em relação ao tanque do carro, é necessário verificar a tubulação e procurar por sinais de ressecamento, alteração da cor e rachaduras. Informe seu cliente que a gasolina adulterada é a grande vilã da tubulação e de todos os componentes que trabalham diretamente com o combustível. Isso porque, ela leva compostos químicos que dissolvem plástico e borracha.

Devido a essa grande importância, investigue qualquer cheiro de combustível. Analise também, as conexões com o filtro de gasolina, o reservatório da partida frio e a tampa do conjunto da bomba de combustível.

Por fim, aconselhe seu cliente a não fazer nenhuma adaptação no sistema de alimentação. Kits de vapor de combustível que prometem economizar gasolina, não são recomendados. Normalmente, esses componentes são caseiros e não contam com nenhum tipo de pesquisa que prove o seu funcionamento.

Em caso de incêndio, o que fazer?

Se caso o seu carro estiver pegando fogo, estacione o veículo o mais rápido possível e dê preferência a locais longe de outros carros. Desligue o motor para evitar panes elétricas que podem contribuir para o aumento do fogo.

Em seguida, procure pelo extintor, libere o capô (caso o fogo venha do motor) e saia do automóvel. Cuidado! Abra apenas uma fresta do capô, já que o fogo em contato com o oxigênio pode aumentar.

Procure o foco do incêndio e direcione o jato de água diretamente nele. Depois que o fogo já estiver apagado, abra completamente o capô e resfrie o motor. Por último, desligue os polos da bateria e chame os bombeiros.

Link de acompanhamento: https://www.dpk.com.br/o-que-faz-um-carro-pegar-fogo/trackback/

13 Comentário(s):

  • Diego
    março 19, 2019

    ontem tive um problema com mei carro, principio de incêndio no motor, acredito q deve ter sido dois fatores, anel de vedação dos bicos ressecados fizeram vazar combustível, e provavelmente estava pulando centelha dos cabos, pois a uns dois dias senti o carro fraco e vibrando mais do q o normal. consegui apagar o fogo, e tive q fazer a troca dos 4 bicos pq derreteram, os cabos de vela, a flauta, o chicote dos bicos e fixadores de cabos no motor.

    Responder
    • Natalia Magaldi
      março 21, 2019

      Olá Diego! Obrigada por sua contribuição em nosso post! Continue nos acompanhando e compartilhando mais informações com a gente! 🙂

      Responder
  • Luiz Souza
    março 29, 2019

    O carro de meu amigo motorista por aplicativo pegou fogo ontem no aeroporto de Guarulhos. O carro morreu, ele localizou um fusível queimado e trocou, logo após dar a partida sentiu cheiro de queimado no banco logo atrás dele. O fogo se espalhou muito rápido,não houve o que fazer.

    Responder
    • Natalia Magaldi
      abril 02, 2019

      Caramba Luiz! Por isso é tão importante fazer a revisão de segurança no veículo, sempre que possível, para evitar que problemas como esse ocorram!

      Responder
  • Ana lucia
    maio 10, 2019

    Meu carro pegou fogo desligado na garagem! Nunca vi isto.e ainda deu sinal de que estivesse ligando.

    Responder
  • Beatriz
    maio 23, 2019

    Meu carro pegou fogo parado. Fumaça preta vindo do motor. Consegui conter com o extintor, mais ainda não sei o foco do incêndio.

    Responder
  • Bruno
    julho 23, 2019

    Boa tarde, existe algum laudo que possamos fazer pra ver como pegou fogo no carro ? porque recentemente fiz a retifica completa do cabecote e tres semanas depois pegou fogo quando o carro parou sozinho na estrada. Um dos rapazes que me ajudou relatou o mesmo caso devido a mangueira não estar firme.

    Responder
  • Suzi
    agosto 10, 2019

    Impossível apagar fogo de carro sem extintor.. Só para lembrar: os carros novos NÃO VÊM com extintor de incêndio. INFELIZMENTE. Aconteceu com o carro do meu pai com apenas um ano de uso. Simplesmente não deu pra fazer nada. Só observar. Se tivesse extintor o foco seria controlado com certeza. Sacanagem…

    Responder
  • Daniel
    agosto 24, 2019

    A matéria dessa publicação diz que “nenhum carro pega fogo sozinho”…

    Mas acima tem pelo menos dois relatos de carro parado, desligado e que pegaram fogo, como isso é possível ??

    Também já testemunhei situação idêntica, comprovado por câmeras de vigilância, que, uma hora após o veículo parado na garagem, desligado o motor, o carro pegou fogo a partir do compartimento do motor…

    como isso poderia ocorrer ????

    Responder
    • Fabio
      janeiro 11, 2020

      Raparos elétricos mau feitos, instalações de som ou acessórios por pessoas sem qualificação. O barato sai caro.

      Responder
    • ronaldo
      abril 15, 2020

      Amigo, uma pane na ventuínha do radiadorpode travar ela ligada, isso ocasiona o superaquecimento da fiação e consequentemente o incêndio, pode ser uma das causas após a parada do carro.

      Responder
  • Juliano
    janeiro 02, 2020

    Em carros novos o ideal, é mesmo com seguro comprar um extintor.. imaginou alguém preso no veículo devido a um acidente e um incêndio se inicia…

    Responder
  • Marco
    março 14, 2020

    Infelizmente passei por isso ontem graças a algum governo que nem lembro que foi comprei um carro sem extintor e graças minha falta de atenção não comprei um pra colocar mas sai com vida mas acho que meu carro nunca mais presta triste

    Responder

Comentar:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *