O Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) suspendeu inspeção veicular por tempo indeterminado

A obrigatoriedade da inspeção veicular foi suspendida pelo Denatran. Segundo o departamento, entre os motivos da suspensão, está a necessidade de definição dos requisitos para elaboração da regra.

A vistoria seria implantada para verificar as condições de segurança e de emissões de poluentes dos veículos em circulação no Brasil. Ela visava veículos com mais de três anos rodados ou comerciais e de frota de empresas.

Mas, afinal, o que deveríamos fazer para que o veículo fique dentro dos padrões de emissões exigidos pela lei? O mais importante é assegurar que as revisões estejam em dia!

A falta de manutenção de algumas peças pode prejudicar o funcionamento das demais. O catalisador, por exemplo, é o principal componente responsável por garantir que o veículo não polua mais do que o permitido pela legislação. Ele converte até 98% dos gases tóxicos em substâncias inofensivas.

Essa peça é projetada para durar no mínimo 80 mil quilômetros. Porém, pode ter sua vida útil abreviada devido ao desgaste de demais itens. Componentes do sistema elétrico, de ignição e de injeção são exemplos de produtos que podem danificar o catalisador.

Por esse motivo, a revisão periódica é essencial para não ter surpresas na hora da inspeção veicular. Além disso, ela acaba saindo muito mais em conta do que o conserto das peças.

A utilização de combustíveis de qualidade e de fluídos especificados pelas fabricantes de veículos também ajudam a garantir vida longa ao catalisador.

Um carro bem cuidado, além de passar tranquilamente pela inspeção, contribui com a qualidade do ar e consequentemente com a saúde da população.

Agora você já sabe como incentivar o seu cliente a fazer as revisões periódicas. Ah! E não se esqueça que a inspeção veicular foi suspendida por tempo indeterminado, porém, os cuidados com o carro nunca devem ser deixados para depois, não é mesmo?!

Link de acompanhamento: https://www.dpk.com.br/inspecao-veicular-suspensa/trackback/

Comentar:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *