O óleo lubrificante para o motor é de grande importância para o veículo. Veja aqui quais são os fatores que o tornam importante.

Ficar atento ao estado de conservação dos componentes básicos do veículo é prezar pela longa vida útil dele. Por isso, é importante utilizar produtos de boa qualidade e assegurar de que eles serão utilizados nos lugares corretos.

Pensando nisso, vale lembrar seus clientes de que a troca de óleo é um dos mais importantes procedimentos para garantir o desempenho do veículo. Isso porque, a lubrificação adequada, atenua o atrito entre as peças dentro do motor.

Mas para isso, é necessário seguir sempre as recomendações do fabricante. Além disso, é importante observar a viscosidade (SAE) e o desempenho (API, ACEA ou ILSAC) do produto.

Viscosidade

A viscosidade do lubrificante pode ser identificada na embalagem do produto. Normalmente ela é representada das seguintes formas: 0W-20, 5W-30, 10W-40, 20W-50, etc. Estes números correspondem a viscosidade de produtos automotivos tanto na partida (representado pelo W), quanto na temperatura de regime do trabalho do motor. Essas normas foram regulamentadas pela SAE (Sociedade dos Engenheiros Automotivos).

Pesquisas apontam que 75% do desgaste do motor, ocorre no momento da partida. Isso acontece devido aos poucos segundos que o motor trabalha a seco, por isso da importância do lubrificante fluir o mais rápido possível para que possa lubrificar o motor.

Justamente por esse fator, é necessário utilizar produtos com viscosidade menor no momento da partida. Quanto maior a numeração, mais viscoso é o óleo, e consequentemente, maior será a resistência à fluidez.

Desempenho

Outra característica a ser observada é as especificações API (USA), ACEA (Europa) ou ILSAC (Ásia) do lubrificante. Um produto impróprio pode impactar diretamente o desempenho do veículo junto aos demais aditivos utilizados.

Durante o uso habitual do veículo, é normal que o nível de lubrificante diminua com o tempo. Isso acontece, pois, no momento da lubrificação do pistão, uma parte do volume do óleo é “queimado” junto com o combustível. Além disso, com a alta temperatura, ocorre uma perda por evaporação.

Tranquilize seu cliente quanto ao fator do lubrificante estar preto. A cor é um sinal de que o produto está cumprindo corretamente sua função, que é a de remover as impurezas do motor e deixá-las dispersas no lubrificante.

De certa forma, quando ele apresenta essa coloração, quer dizer que ele está sujo. Mas, é importante reforçar de que a sujeira deve estar no óleo ou no filtro e não na parede do cárter ou canais do motor.

Tenha em seu estoque lubrificantes de qualidade! Consulte no KDaPeça produtos das melhores marcas e preços e abasteça seu negócio.

Link de acompanhamento: https://www.dpk.com.br/importancia-oleo-lubrificante-para-motor/trackback/

2 Comentário(s):

  • Adeildo
    maio 23, 2018

    Gostei muito! Quanto mais informações você tiver na sua área que você atua ė sempre bem vindo.
    Parabéns para a iniciativa da empresa que teve a idéia de publicar está nota sobre lubrificantes.
    Um forte abraço

    Responder
    • Natalia Magaldi
      maio 24, 2018

      Olá Adeildo!

      Que bom que gostou da matéria! Continue nos acompanhando e dê sua sugestão de temas para abordarmos.

      Um grande abraço!

      Responder

Comentar:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *